Página Inicial
 Busca
 Editorias
 » Opinião
» Tempo Bom
» Tempo Ruim
» Em Tempo
 » Cultura
 » Política
 » Economia
 » Cidades
 » Esportes
 Colunas
 » Vittorio Medioli
 » Laura Medioli
 » Marcos Russo
 » Carlos Magno
 » Todas as colunas
 Serviços
 » IPTU - Betim
 » Loterias
 » Mapa de Betim
 » Prefeitura de Betim
 » Turismo em Betim
 » Bancos
 » Indicadores
 » Receita Federal
 » Busca de CEP
 » Horários de vôos
 » Horários de ônibus
 » Detran - MG
 » Serviços prefeitura BH
 » Certidão Negativa-BH
 » Circuitos turísticos-MG
 » Serviço ao cidadão - BC
 » 2ª via conta COPASA
 » 2ª via conta CEMIG
 
Imprimir Comentários(0) Enviar por Email Tamanho da fonte : A+ / A- 
Cidades

DENGUE. CAMPANHA NACIONAL ALERTA SOBRE O RISCO DE NÍVEIS GRAVES DA DOENÇA E MORTES
Betim registra 288% casos a mais que Contagem
Dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde; mesmo com população inferior à da cidade vizinha, município tem quase o triplo de notificações somente neste ano
DAYSE RESENDE
cidades@otempobetim.com.br

Apesar de a prefeitura afirmar que os números relativos à dengue no município estão estáveis, dados divulgados pelo Ministério da Saúde confirmam que Betim é uma das 23 cidades do Estado em alerta, devido ao seu índice de infestação por larvas do mosquito Aedes aegypti estar situado entre 1% e 3,9%, conforme o quadro ao lado mostra. Além disso, a cidade está entre os municípios com maior número de notificações em Minas, só perdendo para Belo Horizonte.

Para se ter uma ideia da gravidade, a cidade ainda está à frente de notificações até mesmo de Contagem. O município vizinho possui mais de 200 mil habitantes que Betim. Segundo dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, até outubro, foram registrados 18.290 casos, 288% a mais que Contagem, que atingiu 6.322 notificações.

No ranking, outras cidades de Minas com população igual ou superior a Contagem, como Juiz de Fora, com 497.778 habitantes, e Montes Claros, com 355.401, também estão com registros bastante inferiores aos de Betim. Cada uma delas, respectivamente, registram 6.383 e 7.297 casos.

Análise

Dos lares visitados por agentes do Levantamento de Índice Rápido de Infestação (Lira) com presença de larvas de mosquito, apenas a cidade de Caetanópolis apresentou um índice de 4%, que a coloca em risco de surto de doença.

A situação de Betim, que em 2009 apresentava percentual de infestação de 3%, melhorou, mas a situação atual ainda exige que as autoridades do município reforcem as ações de prevenção. O levantamento feito pelo Ministério da Saúde confirmou que 15 municípios brasileiros estão em risco de surto da doença, sendo 11 no Nordeste, três no Norte e um no Sudeste. Outros 123 municípios, dos quais 11 capitais, estão em situação de alerta. Outras 162 cidades avaliadas apresentam índice satisfatório, abaixo de 1%.

Conforme explica o Ministério da Saúde, a dengue é uma doença infecciosa febril aguda causada por um vírus da família flaviridae e é transmitida através do Aedes aegypti, também infectado pelo vírus. Atualmente, é considerada um dos principais problemas da saúde pública do país.

No Brasil, já foram encontrados os tipos 1, 2 e 3 da doença. A dengue clássica é a forma mais leve, sendo semelhante à gripe. Geralmente, inicia de uma hora para a outra e dura entre cinco e sete dias. A pessoa infectada tem febre alta (30º a 40ºC), dores de cabeça, dor muscular, indisposição, manchas vermelhas na pele e outros sintomas.



Prefeitura diz que está agindo

A assessoria de imprensa da prefeitura, através de e-mail, informou que não cabe a Betim avaliar o motivo pelo qual Contagem apresenta um número menor de casos de dengue. Ainda segundo o órgão, o que se pode afirmar é que “todas as ações de campo contra o vetor, as ações de assistência e o incentivo para as notificações dos casos estão acontecendo intensamente na cidade, além da divulgação da doença e da situação epidemiológica para a população de uma forma geral”.

A prefeitura ainda ressalta que, conforme o programa de controle permanente da dengue, lançado na quarta-feira (17) , Minas está em estado de alerta em função da possibilidade de haver um surto epidêmico no próximo ano. “Conforme dados da Secretaria de Estado da Saúde, caso não sejam tomadas providências imediatas, cerca de 500 mil pessoas poderão ficar doentes em todo o Estado em 2011”, diz a nota. Betim, segundo a assessoria, está em estado de alerta e mantém todas as diretrizes preconizadas pelo Ministério da Saúde.



Compartilhe este conteúdo: Veja vídeos de O TEMPO online no YOUTUBE Siga O TEMPO online no TWITTER Adicione O TEMPO online no ORKUT Fale conosco pelo MSN: portalotempo@hotmail.com Mande e-mail para O TEMPO online Mande sua foto para o WEBREPÓRTER

 
 
 
 
Imprimir Comentários(0) Enviar por Email Tamanho da fonte : A+ / A- 


 
Edição do dia
Últimas notícias
Sexta, 13/11/2009

11h26 - Polícia »  Homem é morto no Citrolândia


Segunda, 09/11/2009

11h21 - Cidades »  Pré-incrições para a Conferência Estadual de Comunicação começam hoje, 9


Quinta, 05/11/2009

10h08 - Cidades »  Alunos da Escola Municipal Presidente Raul Soares recebem prêmio de cinema, nesse sábado, (7)

09h34 - Polícia »  Polícia prende homem suspeito de assassinato


Sexta, 30/10/2009

15h45 - Cidades »  Seminário de Políticas Públicas sobre Drogas discute reinserção social de dependentes químicos


Sexta, 02/10/2009

15h03 - Polícia »  Acidente deixa um ferido grave na BR-381

» Todas as Últimas
Horóscopo
 
O que é RSS? Copyright © - O TEMPO BETIM - 2014 - Todos os direitos reservados Fale conosco | Expediente
1
© 2014 - O TEMPO
Todos os direitos reservados
BUSCA